PC do MS decide fazer operação “Cumpra-se a Lei”


Devido às péssimas condições de trabalho enfrentadas pelos policiais civis e ao descaso do governo do Estado em relação à categoria em todo o Mato Grosso do Sul, foi deliberada em assembleia geral extraordinária, realizada neste sábado (05), no SINPOL/MS, que a partir desta segunda-feira (07), será iniciada a operação padrão “Cumpra-se a Lei”, nas delegacias de polícia da capital.


A referida assembleia contou com a participação de representantes dos Sindicatos da Polícia Civil do Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Mato Grosso, além da FEIPOL - Federação Interestadual dos Policiais Civis das Regiões Centro - Oeste e Norte.


Representantes de cada estado explanaram aos filiados presentes, sobre a árdua luta enfrentada por cada entidade para chegarem às conquistas almejadas pela categoria.


Divinato da Consolação, presidente da Feipol, declarou total apoio a qualquer movimento organizado pelo SINPOL/MS.


Alexandre Barbosa, presidente do SINPOL, abriu a assembleia saudando os policiais civis presentes e os convidados dos outros estados que se empenharam em participar deste momento importante para a categoria.


“Este é um momento decisivo para nós, policiais civis de Mato Grosso do Sul. Se quisermos melhorar nossas condições de trabalho, se quisermos alcançar nossos objetivos, precisamos estar juntos e lutar por isso”, disse o presidente.


Na sequência, Barbosa apresentou as propostas da diretoria e abriu para os filiados exporem as suas sugestões, que foram discutidas e votadas.


Durante a assembleia, os policiais deliberaram que o CEPOL - Centro Especializado de Polícias será a primeira unidade a adotar a Operação Padrão e que fará uma paralização no decorrer desta semana. Outra deliberação foi que as DEPAC’s – Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário seguirão com a operação.


A diretoria convocou todos os policiais para que cumpram a operação padrão e que fiquem alerta para outras assembleias que podem acontecer nos próximos dias.


Por maioria dos votos, ficou determinada assembleia permanente.


Na ocasião, os policiais receberam um kit, contendo uma cartilha da “Operação Cumpra-se a Lei”, que já vem sendo aplicada em alguns estados do Centro-Oeste e a camiseta, deliberada na última assembleia.


Além da diretoria do SINPOL/MS, a assembleia contou com a participação de Silveira Alves – presidente do Sinpol/GO, Luciano Marinho de Morais – vice-presidente do Sinpol/DF, Gilmar Oliveira - diretor de cultura e esportes adjunto - SINPOL/DF, Nadir Nunes Dias – presidente do SINPOL/TO, Mônica Gomes da Silva - diretora para assuntos do interior e Adriano Chaves – diretor de cultura esporte e lazer, SINPOL/TO, Aníbal Marcondes – tesoureiro geral e Cledison Gonçalves- presidente do SIAGESPOC - Sindicatos dos Investigadores da Polícia Civil do Estado de Mato Grosso, Divinato da Consolação – presidente da FEIPOL.


Fonte: Sindpol MS


* * *


Participe, faça seu comentário 
desta matéria abaixo:


Atenção: Só serão aceitos comentários com nome.
(Podendo ser fictício)

***










1 comentários para "PC do MS decide fazer operação “Cumpra-se a Lei”"

É a PC de Mato Grosso do SUL, e não do Mato Grosso, É MS e não MT.

ATENÇÃO: COMENTÁRIOS ANÔNIMOS PODERÃO NÃO SER PUBLICADOS.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início
 
Copyright © 2014 Blog do Almança
Direitos reservados - FA Publicações Mais Template - Template. Catatan Info