PEC 300: O nó de 2012

21 Comentarios


Denise Rothenburg
Correio Braziliense

Assim como Dilma não cumpriu o corte de R$ 50 bilhões no ano passado, os servidores apostam que não cumprirá também a promessa de reajuste zero este ano. Por isso, a greve está na ordem do dia das associações de várias categorias.

Em conversas reservadas, os técnicos do Poder Executivo são praticamente unânimes em afirmar onde o bicho vai pegar este ano para a administração da presidente Dilma Rousseff, a ponto de incomodar o sono presidencial: a pressão por reajustes salariais. Além da campanha no primeiro escalão, apontada hoje na reportagem do Correio, há outras bem piores. O funcionalismo público prepara uma greve para tentar recompor a inflação acumulada de 2007 para cá — 24,5%, segundo as organizações dos servidores.

O funcionalismo está quieto desde 2007, quando um acordo com o governo previu reajustes até 2010. Mas, agora, diante da perspectiva de aumento zero em função da crise econômica externa e a necessidade de o governo conter seus próprios gastos, as associações e centrais de servidores vislumbram uma paralisação generalizada.

A presidente não se mostra interessada em ceder. Tanto é que nem colocou no Orçamento os recursos necessários ao reajuste do Poder Judiciário e criou uma celeuma que não tem data para terminar. Além disso, ainda existe o movimento dos policiais militares, conforme relatamos aqui no começo deste mês. Para quem não acompanhou as notícias da primeira semana de janeiro, vale lembrar que houve a greve da PM do Ceará conforme noticiado em todos os jornais e comentado aqui.

Naqueles dias, o governador Cid Gomes, diante de uma paralisação de policiais armados, acabou se rendendo e concedeu o reajuste. O governo já detectou movimentos semelhantes no Amazonas, no Pará, e em mais quatro estados. No início deste mês, comentei aqui que, se a greve da PM eclodir em todo o país e os governadores se renderem, vai ser um levante geral em favor da PEC 300, aquela que equipara os salários dos policiais de todo o país com o que recebem os do Distrito Federal.

Na semana passada, ouvi de uma autoridade do governo que a aprovação da PEC 300 seria o caos. No caso de Brasília, os salários são melhores porque o Distrito Federal conta com recursos da União para suprir despesas nas áreas de saúde, educação e segurança pública. Os estados da federação não têm esse suporte. Além disso, qualquer reajuste da ordem do que pede a PEC 300 geraria um efeito cascata. Depois de PMs e bombeiros contemplados, seria a vez de outras categorias pedirem o mesmo. No Ceará, tão logo terminou a greve dos policiais militares, veio a da Polícia Civil.

Em relação ao Poder Executivo nacional, a aprovação da PEC 300 provocaria um efeito cascata, conforme detectado pelo próprio governo. As Forças Armadas, por exemplo, imediatamente apresentariam um pedido por melhores salários. O argumento para tal está definido e é justo: um capitão ou sargento não poderia ganhar menos do que um oficial da PM que estivesse no mesmo nível hierárquico. Fonte: blog do servidor

Título original: "O nó de 2012"


Fonte: Correio Braziliense / Blog do Cap. Assumção




* * *


* * *














21 comentários

Um sargento do EB ja ganha menos do que alguns soldados PM...porque n se faz esse levante..?

É SIMPLES,SE NÃO QUEREM QUE A POLICIA RECEBA AUMENTO, DEIXEM A CLASSE CONTINUAR RECEBENDO PROPINA,FAZER VISTA GROSSA PRA TRAFICANTE,ASSIM NÃO PRECISARÁ MEXER NO ORÇAMENTO DA UNIÃO,MAS PENSO QUE COM A VIOLENCIA,AUMENTARÁ ATENDIMENTO EM HOSPITAIS,PESSOAS ESTARÃO FICANDO MAIS DOENTES POR CAUSA DO MEDO DA VIOLENCIA,SE NÃO QUEREM TER UMA POLICIA HONESTA E BEM PAGA,DEIXEM COMO ESTÁ,QUEM SOFRE É A POPULAÇÃO E A POPULAÇÃO É OS FAMILIARES DE VOÇÊS POLITICOS AMANHÃ,QUANDO NÃO ESTIVEREM MAIS MAMANDO NAS TETAS DO GOVERNO,E EM RELAÇÃO A DILMA,PENSO QUE NÃO SE DEVE DEIXAR MULHER COMANDAR UM PAÍS,POIS EXEMPLO ESTAMOS VENDO AÍ,A MESMA ESTÁ PERDIDA,NÃO CONSEGUE ENXERGAR A VIOLENCIA AUMENTANDO E A POPULAÇÃO SOFRENDO COM ISSO,4 ANOS ACABAM SENHORES POLITICOS.

COMO SEMPRE ESSA PEC 300 NÃO VAI PARA LUGAR NENHUM,JÁ NASCEU MORTA,NUNCA VAI SER APROVADA,ESQUEÇAM E CAIAM NA REAL ....SINTO MUITO EU JÁ NÃO ACREDITO MAIS NESSA COISA .......MIKE SP..

O argumento para tal está definido e é justo: um capitão ou sargento não poderia ganhar menos do que um oficial da PM que estivesse no mesmo nível hierárquico.

Se é assim,porque no distrito Federal pode?

SE O ARGUMENTO DAS FORÇAS ARMADAS É ESTE, ENTÃO PORQUE ELES NÃO SE MANIFESTAM, POIS UM OFICIAL DA PM DO DISTRITO FEDERAL GANHA MAIS DO QUE UM OFICIAL DAS FORÇAS ARMADAS, OU É PORQUE A PM DO DISTRITO FEDERAL ESTÁ EM OUTRO PAIS, ESSES POLÍTICOS ESTÃO É COM ENROLAÇÃO, MAS ESSE PAPO NÃO VAI MAIS COLAR, OU NOS EQUIPAREM COM A PM DO DISTRITO FEDERAL OU GREVE GERAL, COMO JÁ ESTÁ ACONTECENDO EM TODOS OS ESTADOS, VOCES POLÍTICOS VÃO ENROLAR O CAPETA, POIS NOS JÁ ESTAMOS COM O SACO CHEIO DE PAPO FURADO, GREVE GERAL OU EQUIPARAÇÃO SALARIAL COM A PM DE BRASILIA, E FIM DE PAPO.

pau na rachada ou vai ou racha o EB TAMBEM TEM QUE GANHAR BEM MESMO PMs BMs PCs PF ETC.....

Rombo é o que o governo dá nos cofres públicos...o brasileiro trabalha 6 meses só para pagar imposto. É mais que justo que haja salários decentes e bons pra todo mundo. Não vai gerar efeito cascata da nada...efeito cascata quem gera é a corrupção no nosso país, a disputa de quem rouba mais.

As forças armadas são federal,então porquê o distrito federal ganha mais que eles ?

NAO É SÓ OS MILITARES QUE GANHAM MAL! SAO TODOS NO BRASIL, O TRABALHADOR SÓ SE LASCA DE TRABALHHAR PRA GANHAR UMA MISÉRIA. QTO A RELAÇAO ENTRE POLICIA E EXERCITO, NA MINHA OPINIAO, NAO TEM NADA A VER, SAO FUNÇOES TOTALMENTE DIFERENTES. QUE A POLICIA E O EXERCITO TEM Q GANHA BEM, NAO A DUVIDA. A DILMA NAO GOSTA DE MILITARES E ISSO SÓ VAI MUDAR QDO OUVER UMA GREVE GERAL, SEM DÓ DO GOVERNO, ELE NAO TEM DÓ DE NÓS!! GREVE GERAL JA!!!

NAO É SÓ OS MILITARES QUE GANHAM MAL! SAO TODOS NO BRASIL, O TRABALHADOR SÓ SE LASCA DE TRABALHHAR PRA GANHAR UMA MISÉRIA. QTO A RELAÇAO ENTRE POLICIA E EXERCITO, NA MINHA OPINIAO, NAO TEM NADA A VER, SAO FUNÇOES TOTALMENTE DIFERENTES. QUE A POLICIA E O EXERCITO TEM Q GANHA BEM, NAO A DUVIDA. A DILMA NAO GOSTA DE MILITARES E ISSO SÓ VAI MUDAR QDO OUVER UMA GREVE GERAL, SEM DÓ DO GOVERNO, ELE NAO TEM DÓ DE NÓS!! GREVE GERAL JA!!!

SÓ SEI DE UMA COISA ,SENDO DA PM OU DO EXÉRCITO ESTAMOS TODOS FUDIDOS NESTE PAÍS DE FALSOS DEMOCRATAS..

Olha pessoal aqui no Ceará falava-se muito em greve mais só foi possível quando um policial que hoje está como suplente na Assembléia assumiu a direção do evento (paralização).

MCQ
O PARTIDO DOS TRABALHADORES, QUANDO CHEGAM AO PODER,,,,SÓ ELES SÃO TRABALHADORES,,,,,O RESTO É RESTO,,,,MASSA DE MANOBRA,,,,O PIOR QUE TAMBÉM PENSEI QUE ÉRA TRABALHADOR E FICAMOS DE FORA SEM AUMENTO É TRISTE SER ZÉ POVINHO,,,MAS PODEREMOS VIRAR ZÉ POVÃO É SÓ NOS UNIRMOS EM UM SÓ CORAÇÃO UM SÓ PENSAMENTO, UM SÓ SINDICATO E AI MANDAREMOS NA SEGURANÇA.

No "Aurélio" existe uma denominação para os administradores do partido dominante da atual política brtasileira em deprimento aos operadores da segurança, seja civil ou militar. Chama-se traidores e corruptivos. Prova é a indicão de vários Ministros, acusados e depois politicamente afastados do cargo.

Porque não existe mais oficias das Forças Armadas como antigamente (Os 22 do Forte Copacabana, Carlos Prestes. Juarez Távora Eduardo Gomes...e muitos outros). Os oficiais generais das Forças Armadas de hoje, fecham os olhos para tudo, embora conhecendo toda corrupção existente e praticada às suas vistas, se comportando como verdadeiros "mijões" na defesa do povo e da nação diante de tantos políticos roubando e desviando verbas destinadas a benefícios públicos. Medo ou conpactuação? É isso aí, e pronto!

Policial Militar de são paulo delete 19 de janeiro de 2012 12:00

frase de SADAM Hussem: "Conheço um traidor antes mesmo que ele saiba que o é".;

todos esses politicos nos trairam e bobo quem acredita neles.

é muito facil resolver as coisas,basta que as pessoas estejan do outro lado da historia.pergunta-se;se os politicos de modo geral fosse um policial,qual seria sua opnião acerca da pec.os nossos representantes em brasilia deveria fazer esta pergunta eu queria saber a resposta.

se Brasilia deixasse os estados administrarem seus recursos, como no pará estado rico com salários dos policiais baixosssss, em quanto que em Brasilia que não produz nada tem salários alticímos.

QUANDO O SAFADO DO SARNEY ERA PRESIDENTE, TEVE UM GENERAL QUE DISSE UMA FRASE MUITO CERTA, : PODE ME PRENDER, MAS EU CONTINUO SENDO GENERAL, E ELE (SARNEY) VAI DEIXAR DE SER PRESIDENTE.....QUE SAUDADES DESSE TEMPO......PORQUE HOJE SÓ TEM FROUXOS...GENERAIS DE GABINETES CAGÕES....DAQUI UNS TEMPOS VÃO SER GENERAIS COM SALÁRIO DE SOLDADO PM DE BRASÍLIA.

Dilma nunca gostou de militar a greve tem que ser geral pra dar certo

Esqueçam isto, PEC 300 nunca sairá do papel e dos sonhos dos ingênuos. Se fosse para ser aprovada já o seria em março de 2010, agora já era. Essa situação dos policiais só vai mudar quando os Policiais começarem a concluir nível superior e sairem em massa para outras carreiras públicas, privadas ou até mesmo montar negócio próprio. É a realidade, eu já cansei de me eludir com isso.

ATENÇÃO: COMENTÁRIOS ANÔNIMOS PODERÃO NÃO SER PUBLICADOS.

DESTAQUE:

DESTAQUE:
ABSURDO: SOLDADO BOMBEIRO É EXPULSO POR PUBLICAR NO FACEBOOK
back to top